Leitores, seguidores.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

A coragem de escrever e a falta pra agir.

"Meu" amor,eu sei, sou chato pra caralho,alias , eu fui quando estava vivo.Sabe fisicamente eu morri quando essa carta chegou ao fim, mas por dentro eu havia morrido quando a gente chegou ao fim,não sei quantas vezes eu morri,mas foram varias, morria toda a vez que da tua boca saia um "não",eu morria toda a vez que um amigo perguntava sobre você, e eu todo sem jeito não sabia o que responder, eu morri quando você foi dele, dele e dele, eu morri naquelas noites em claro, eu morri gostando muito de ti, eu morri pra ti, por ti. E hoje eu morro pro resto do mundo,que ao menos soube que um dia eu estive vivo.

5 comentários:

  1. Olá, parabéns pelo seu blog.
    Te convido a conhecer o meu,
    http://carmasepalavras.blogspot.com/

    ;)

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o blog, adorei :}
    Estou seguindo, se você puder passa no meu blog para conhecer e se gostar,seguir também..
    Um Beijo e boa semana.

    ResponderExcluir
  3. Como você escreve beeem! Adorei o blog, e estou seguindo com muito gosto! "eu morria toda a vez que um amigo perguntava sobre você, e eu todo sem jeito não sabia o que responder"

    ResponderExcluir
  4. Pérsio, obrigada por visitar, ter gostado e ter seguido, haha.
    Espero te ver mais vezes por lá :}
    Um beijão.

    ResponderExcluir